41 996467855

NO AR

Rvw Musical

Com Sara Shirley

cidade

Confira o esquema de segurança e bloqueios em vigor nesta quarta-feira

Publicada em 10/05/17 as 08:06h por Radio Rvw - 18 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Da redação)

Segurança reforçada, cadastro de moradores, de trabalhadores e da imprensa, ruas bloqueadas, alteração nas linhas de ônibus e muita expectativa. O depoimento de Lula altera a rotina de Curitiba desde a semana passada, especialmente na região do prédio da Justiça Federal, no bairro Ahú.

Desde a noite de terça-feira (9), o perímetro no entorno do prédio onde o ex-presidente será ouvido pelo juiz federal Sérgio Moro está isolado. Está permitida apenas a passagem de aproximadamente oito mil moradores e comerciantes que se cadastraram junto à Polícia Militar, além de 300 profissionais da imprensa credenciados para realizar a cobertura jornalística do depoimento de Lula.

O bloqueio na Avenida Anita Garibaldi, onde está localizado o prédio da Justiça Federal, é feito entre as ruas São Sebastião e Eça de Queiroz.

O desvio em direção ao centro é feito pelas ruas Tomazina, Coronel Amazonas Marcondes, Pedro Fabri, Vereador Garcia Rodrigues Velho, Belém e São Luiz. Já os desvios sentido bairro podem ser realizados pelas ruas São Luiz, Avenida Anita Garibaldi, Campos Sales, Manoel Eufrazio e Alberto Foloni.

(Divulgação Polícia MIlitar)(Divulgação Polícia MIlitar) 

Além disso, a Prefeitura de Curitiba divulgou a relação das linhas de ônibus que estão com o trajeto alterado e os desvios programados:

1 - Barreirinha-Guadalupe: O desvio não afetará embarques e desembarques.

2 - Bom Retiro-Cabral: Mudança apenas no sentido Terminal Cabral. Desvia das ruas Eça de Queiros e Dos Funcionários para as ruas Alberto Folloni, Tomazina, Cel. Amazonas Marcondes, Pedro Fabri, Vereador Garcia Rodrigues e Av. Paraná.

3 - Barreirinha: Sentido bairro desvia da Av. Anita Garibaldi e passa pela Joaquim José Pedrosa, Vereador Garcia Rodrigues, Pedro Fabri e Amazonas Marcondes. Sentido Centro deixa as ruas Washington Mansur, Benjamin Zilli e Anita Garibaldi e entra passa pela Tomazina, Alberto Folloni e Constantino Marochi

4 - Paineiras: Nos dois sentidos deixa as ruas Washington Mansur, Benjamin Zilli e Anita Garibaldi e passa pelas ruas Tomazina e Alberto Folloni.

5 - Fernando de Noronha: Nos dois sentidos deixa as ruas Washington Mansur, Benjamin Zilli e Anita Garibaldi e passa pelas ruas Tomazina e Alberto Folloni.

6 - Laranjeira: Nos dois sentidos deixa as ruas Washington Mansur, Benjamin Zilli e Anita Garibaldi e passa pelas ruas Tomazina e Alberto Folloni.

7 - Ahú-Los Angeles: Nos dois sentidos deixa as ruas Washington Mansur, Benjamin Zilli e Anita Garibaldi e passa pelas ruas Tomazina e Alberto Folloni.

8 - Cabral-Osório: O desvio não afetará embarques e desembarques.

9 - Reforço Anita: Nos dois sentidos desvia da Av. Anita Garibaldi e passa pela José Pedroso, Vereador Garcia Rodrigues, Pedro Fabri e Amazonas Marcondes.

10 - Santa Gema: Sentido bairro desvia da Av. Anita Garibaldi e passa pela José Pedroso, Vereador Garcia Rodrigues, Pedro Fabri e Amazonas Marcondes. Sentido Centro deixa as ruas Washington Mansur, Benjamin Zilli e Anita Garibaldi e entra passa pela Tomazina, Alberto Folloni e Constantino Marochi.

Acampamentos e manifestações

Os manifestantes que estão em Curitiba - sejam eles a favor do ex-presidente ou da Lava Jato - têm garantido o direito à livre manifestação. Porém não está permitida a ocupação do espaço público com acampamentos. A decisão foi decretada pela juíza Diele Denardin Zydek, da 5ª Vara da Fazenda Pública, e proíbe a ocupação entre 23h da última segunda-feira (8) até às 23h da quarta-feira, sob pena de multa diária de R$ 10 mil.

Conforme o despacho, o motivo alegado para a decisão é a preservação da ordem pública e a garantia da segurança, visto que há a possibilidade de milhares de pessoas se reunirem a favor e contra o ex-presidente. A medida não abrange o acampamento dos integrantes do movimento Frente Brasil Popular, que estão um terreno nos fundos da Rodoviária de Curitiba.

A área onde as barracas e os manifestantes estão pertence à União. O local foi escolhido pela Prefeitura de Curitiba para que, mesmo com a decisão judicial que proibiu os acampamentos em espaços do município, os manifestantes tivessem onde ficar na capital.

Além disso, Órgãos de segurança delimitaram a área onde os manifestantes poderão se reunir durante o depoimento de Lula: atos de apoio ao ex-presidente vão se concentrar na Praça Santos Andrade, no centro da cidade. Já as manifestações contrárias ao político acontecem na praça localizada atrás do Museu Oscar Niemeyer, no Centro Cívico




 
ENQUETE
Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

 Instagram
 Youtube
 Facebook
 Twitter







.

LIGUE E PARTICIPE

41 9646-7855

Visitas: 7713
Usuários Online: 105
Copyright (c) 2017 - Radio Rvw